Com pesar comunicamos o falecimento do padre Reneu Stefanello

Palotina/PR, 08 de junho de 2018.

Caros coirmãos!

“Eis os pensamentos do seu coração, que permanecem ao longo das gerações: libertar da morte todos os homens e conservar-lhes a vida em tempo de penúria” (Sl 32, 11.19).

Comunicamos com pesar o falecimento do nosso confrade Pe. Reneu Stefanello, ocorrido hoje, 08 de junho de 2018, sexta-feira, às 17h30min, no Hospital de Caridade em Santa Maria/RS.

O Pe. Reneu nasceu no dia 04 de novembro de 1947, em Novo Paraíso, Nova Palma/RS. Realizou a sua primeira consagração na Sociedade do Apostolado Católico no dia 15 de março de 1969 e foi ordenado presbítero no dia 20 de dezembro de 1975.

O Pe. Reneu no dia 18 de maio de 2018 começou a sentir fraqueza, procurou o médico na cidade de Manaus, onde trabalhava. Após vários exames constatou que estava com Leucemia Mieloide Aguda. Iniciou o tratamento e solicitou a transferência para Santa Maria/RS. No dia 06 de junho chegou em Santa Maria e imediatamente foi internado no Hospital de Caridade. No dia 07 foi para a UTI e no dia 08 de junho partiu para a casa do Pai.

Velório e sepultamento

O seu corpo está sendo velado na Capela da Comunidade Local Pe. Caetano Pagliuca, junto ao Patronato, em Santa Maria/RS. Amanhã, dia 09 de junho, às 11h haverá uma missa, à tarde o seu corpo será transladado para Vale Vêneto/RS, onde às 16h haverá missa de corpo presente na Igreja Matriz Corpo de Deus e logo após será sepultado no Cemitério dos Padres e Irmãos Palotinos.

Dai-lhe Senhor o repouso eterno e brilhe para o Pe. Reneu a luz perpétua.

Fraternalmente…

Pe. Clesio Facco SAC – Reitor Provincial

 

O Pe. Reneu morreu.

Foi na tarde do dia consagrado ao Coração de Jesus e a oração pela santificação do clero. Dia significativo para um padre morrer. Sim, porque o Reneu era padre, simplesmente padre. E nos últimos anos o padre do Santuário de Nossa Senhora da Amazônia. Assim o conheci e todo o nosso relacionamento se deu em torno desta realidade pastoral. Foi para ele uma missão recebida da Igreja, formar uma comunidade eclesial que desse suporte a um lugar de encontro com Deus num contexto urbano amazônico.

Cada passo na formação desta comunidade, que se dava simultaneamente a construção do templo, era pensado e partilhado com os bispos, mas sobretudo com as pessoas que foram se juntando ao projeto. Assim, pouco a pouco foi surgindo uma comunidade de fé, até o dia em que instalamos a Área Missionária Nossa Senhora da Amazônia e ele foi nomeado seu primeiro pároco. Só o vi mais feliz quando adotamos a imagem venerada no santuário para a festa de Pentecostes do ano mariano.

Agora que  comunidade tem seus ministros e que a reforma do templo está concluída ele partiu para participar da liturgia celeste. O seu sonho já é uma realidade que ainda continua a ser sonho que outros continuarão a sonhar.

Em nome da Igreja de Manaus quero agradecer a Deus o dom que foi para nós o Pe. Reneu e à família Palotina por ter permitido e apoiado seu apostolado na Arquidiocese. À Área Missionária Nossa Senhora da Amazônia que perde o seu pastor, expressamos a nossa solidariedade e exortamos a continuar no caminho da unidade e da fé.

Que Deus o receba no seu mistério, pelo qual ele ofertou toda a sua vida, assumindo o ministério sacerdotal!

Dom Sergio Eduardo Castriani – Arcebispo Metropolitano de Manaus

 

Vídeo 40 anos sacerdócio padre Reneu: https://www.youtube.com/watch?v=eli0rK0r2fg