Mensagem Final do Encontro Anual do Conselho de Coordenação Geral da UAC

União do Apostolado Católico

Mensagem Final

Encontro Anual do Conselho de Coordenação Geral da UAC

Roma, 21-25 de abril de 2018.

 

Caras Irmãs e Irmãos!

Nós, membros do Conselho de Coordenação Geral da União do Apostolado Católico, reunidos na “Casa la Salle”, Casa Geral dos Irmãos das Escolas Cristãs (Lassalistas), Roma, de 21 a 25 de abril de 2018, saudamo-vos no espírito de São Vicente Pallotti.

Somos felizes de partilhar com vocês esta mensagem, fruto da comunhão e corresponsabilidade no carisma palotino.

O encontro teve início na significativa data do aniversário do nosso Fundador, 21 de abril, coincidência que nos acompanhou nestes dias.

O Espírito Santo reuniu este Conselho a serviço da União e antes de tudo reconhecemos que a União é um dom recebido de Deus; hoje a missão de todos é viver este dom com responsabilidade e empenho de servir o povo de Deus.

Papa Francisco nos convida a sujar as mãos a serviço dos outros.Desejamos estar perto das pessoas com atenção, caminhando juntos nas suas experiências sociais, familiares, pessoais, de fé. Queremos atingir seus corações para ajudá-las a sentir e cumprir em plenitude o próprio chamado, lugar preparado por Deus a cada um na Igreja e no mundo.

Para realizar tudo isso, é preciso viver com o mesmo ardor de Jesus, como fez São Vicente, junto com os primeiros companheiros da União e com sua gente em cada periferia existencial.

Na comunhão somos todos convidados a renovar diariamente a nossa pertença a União. Isto, contribuirá para o crescimento na colaboração e na unidade, para sermos testemunho confiável e eficaz em nossa vida e missão.

No dia 23 de abril, aniversário de Elisabetta Sanna, primeiro membro leigo beatificado da União, o Conselho reelegeu Presidente da União a Sra. Donatella Acerbi e elegeu como Vice presidente Pe. Gilberto Antônio Orsolin. A eles prometemos nosso apoio, colaboração e orações.

Nos dias seguintes foram renovadas as Comissões Internacionais que ajudarão todos os membros e colaboradores da União em sua missão particular.

Esta semana dedicada ao Bom Pastor, nos interpelou da necessidade de investirmos nas relações interpessoais, assumindo Seu olhar e cuidado, especialmente com os pequenos e menos favorecidos.

Durante o encontro, mais uma vez, a atualidade e a riqueza espiritual do nosso Fundador veio a tona, refletida na Exortação Apostólica sobre o chamado universal a santidade “Gaudate et Exsultate”.

O carisma palotino, de fato, é hoje visto como um modelo na Igreja e abre novos horizontes, em particular entre as famílias carismáticas (cf. Papa Francisco, carta a todos os Consagrados, III, 1, 21 novembro de 2014).

Assim, somos convidados a viver este carisma como dom para a Igreja, estando na União pela União. Este é o nosso caminho para sermos discípulos de Jesus Cristo na Igreja e no mundo.

Queremos concluir com as palavras do Papa Francisco, citadas pelo Pe. Jacob Nampudakam, SAC, Assistente Eclesiástico da União, em sua homilia na Missa de abertura:

“Ser pobre no coração, isto é santidade (70).

Reagir com humilde mansidão, isto é santidade (74).

Saber chorar com os outros, isto é santidade (76).

Buscar a justiça com fome e sede, isto é santidade (79).

Olhar e agir com misericórdia, isto é santidade (82).

Manter o coração limpo de tudo o que mancha o amor, isto é santidade (86).

Semear a paz ao nosso redor, isto é santidade (89).

Abraçar diariamente o caminho do Evangelho mesmo que nos acarrete problemas, isto é santidade (94)”.

(Gaudete et Exsultate, À Luz do Mestre)

Compartilhe: