Rádio Vicente Pallotti: 53 anos evangelizando os lares de Coronel Vivida e região

No dia 31 de outubro de 1963, o Ministério das Comunicações, através do Diário Oficial da União n. 63-65, torna público pelo decreto de lei n. 52.795, que o município de Coronel Vivida (PR) teria 45 dias para apresentar proposta para a exploração de serviço de radiodifusão, sonora na frequência 1010 khz, com a potência de 1 kw.

Entram na concorrência os Padres Palotinos João Justo Piovesan, Mateus Cassol e o professor Albino Paulo Ruoso, dando entrada na documentação exigida para regularizar uma pequena estação de rádio que já funcionava nos porões do Centro Comunitário da Paróquia São Roque.

A Rádio Vicente Pallotti foi autorizada a funcionar legalmente conforme o decreto n. 62.036 de 13 de dezembro de 1965, com os estúdios na Rua Iguaçu s/n  esquina com a rua XV de novembro. E com os transmissores e sistema irradiante na quadra n. 11 do Jardim São Luiz (onde funciona até hoje). Em 20 de fevereiro de 1969 os estúdios foram transferidos para uma casa de madeira adquirida pela rádio na Rua Das Américas s/n, onde funcionou até dia 09 de julho de 2009. Em 12 de maio de 1977, o Ministério das Comunicações altera a frequência da rádio para zyj – 283 1.090 khz, prefixo atual.

No dia 10 de julho de 2009, inaugura seu prédio próprio, juntamente com o Auditório Padre João Justo Piovesan, onde funciona atualmente. Em 17 de dezembro de 2012, recebe a autorização conforme nota técnica 1019 do Ministério das Comunicações para funcionar com a mesma frequência de 1090 khz, com a potência de 2.500 wtz e transmissor digital estado sólido, aumentando o raio de sua abrangência.

A rádio sempre foi capitaneada pelos Palotinos e teve vários administradores (gerentes), sendo que o senhor Ivanil Pimentel Vieira, foi o que mais tempo permaneceu no cargo, desde a fundação da rádio até 07 de julho de 2004. Em 2004 assume a direção o padre João Bergamasco permanecendo no cargo até 2008. Ao ser transferido, em seu lugar como diretor executivo da emissora ficou Frank Ariel Schiavini, até janeiro de 2013, juntamente com direção administrativa do padre Moacir José Piovesan. De 2013 a 2014 assumiu a direção administrativa padre Fábio Junior Batistella, sob a direção executiva de João Luiz Garcia (Tiguera).  Padre Mário César do Amaral esteve na direção administrativa de 2017 a novembro de 2018.

Hoje a rádio tem como diretor geral padre Lino Baggio, supervisão padre Moacir Piovesan, diretor administrativo padre Judinei Vanzeto e diretor executivo Tiguera. No dia 14 de dezembro a rádio completa 53 anos de trabalhos prestados a Coronel Vivida, e ao Sudoeste do Paraná, auxiliando na informação, formação e entretenimento das famílias, mantendo sempre a ética e a imparcialidade, tendo como foco principal o motivo que levou o padre João Justo Piovesan, fundar a rádio: a evangelização. Com uma programação diversificada, ao ar todos os dias das 05h da manhã às 23h.

Pela emissora passaram centenas de profissionais, que ajudaram a manter a programação e chegar até os dias de hoje como umas das emissoras mais queridas da região, devido à estreita ligação com a Igreja Católica, na transmissão de programas educativos, fazendo parte da história das mais tradicionais famílias vividense e sudoestina.

Atualmente, o quadro de funcionários e colaboradores conta com 24 profissionais, que diariamente levam alegria, informação e entretenimento aos lares do Sudoeste do Paraná. Em breve a rádio estará operando na frequência FM. Sintonize-a em seu rádio, portalrvp.com.br ou baixe o App Portal RVP.

Por João Luiz Garcia – Diretor executivo

Compartilhe: